“O nosso sistema de votação é inadequado e está completamente ultrapassado. Tenho a convicção de que temos de repensar completamente o modo como fazemos eleições, pois não podemos continuar num modelo em que cada Estado vota à sua maneira.”

Raffi Krikorian, que revelou que a estrutura que lidera trabalha diária e incessantemente para identificar falhas no sistema eleitoral norte americano, relembrou que todas as agências de segurança provaram que as eleições presidenciais de 2016 tiveram interferência russa e garantiu que o Partido Democrata está a desenvolver todos os esforços para identificar potenciais ameaças no ato eleitoral marcado para 2020.

“Não queremos que esse tipo de suspeitas sejam o foco das eleições de 2020, mas estamos sempre, e ativamente, à procura da próxima ameaça, venha ela da Rússia ou de outro destino. Estamos em vigilância constante, é uma tarefa dantesca.”

Nos Estados Unidos, o Partido Democrata é a estrutura partidária que mais investe em investigação na área tecnológica e de deteção de fraude. O diretor de tecnologia do CND revelou que no partido está a ser desenvolvido um sistema de envio de mensagens encriptadas para que os deputados possam comunicar em segurança e confirmou a disponibilidade do departamento que lidera para receber todas as denuncias de irregularidades.

“Se queremos encontrar as vulnerabilidades do sistema precisamos de todos, inclusive de 'hackers' que testem soluções e resolvam problemas. A tecnologia não garante 100% de segurança, por isso temos também de apostar na educação das pessoas”, reforçou.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa, devendo permanecer até 2028 na Altice Arena (antigo Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), em Lisboa.

Nesta terceira edição do evento em Portugal, que termina hoje, são esperados cerca de 70 mil participantes de mais de 170 países.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.