Uma parceria entre o Metro de Lisboa, a Carris e a CP, permitirá a "utilização ilimitada" destes serviços (metro, autocarros, elétricos, elevadores e comboios, dentro da cidade de Lisboa, e nas linhas de Sintra e Cascais) entre os dias 5 e 13 de novembro, num custo de 25 euros, exclusivamente para os participantes do Web Summit.

Este passe estará à venda no Aeroporto de Lisboa e na FIL, no Parque das Nações, onde irá decorrer o Web Summit.

O presidente da Metro de Libsoa, Tiago Farias, assegurou em conferência de imprensa, que as máquinas de venda de bilhetes nas estações de metro "foram todas adaptadas para aceitar cartões internacionais e cartões de crédito, para que seja facilitada a compra".

Os horários das linhas 736 (Cais do Sodré-Odivelas) e 728 (Portela-Restelo) terão o seu horário alargado, em complemento às carreiras que fazem o serviço da madrugada, sendo que, até às 05:00, os autocarros passarão a circular de 5 em 5 minutos, num percurso encurtado entre o Cais do Sodré e a zona da Expo.

Também no Metro, haverá um reforço na circulação que será ajustado consoante a mobilidade dos participantes durante o evento.

Também o aeroporto de Lisboa, que prevê atingir os 30 mil registos de participantes da Web Summit, está já a realizar operação, que decorre até terça-feira, na qual foi montada uma tenda com 36 balcões.

Quem chegar de avião à capital portuguesa vai encontrar toda uma sinalética e informação ao longo do percurso no aeroporto até chegar à tenda de registo, no exterior, junto à entrada da estação de metro.

Desde a sala de recolha de bagagens e pelo caminho, os passageiros serão alertados pelos funcionários do aeroporto e por cerca de 170 voluntários da Web Summit para a necessidade de "fazer o 'download' (descarregar) da 'app' (aplicação)", podendo para tal utilizar "a infraestrutura de wi-fi gratuita do aeroporto" e com informação sobre os locais de registo, adiantou o diretor adjunto do Aeroporto Humberto Delgado, Nuno Ferreira.

Já os oradores e os meios de comunicação social internacionais terão à sua disposição um espaço próprio para o registo, o Lounge Apolo, dentro do aeroporto, mas na área pública.

O aeroporto também já alertou a rede de transportes públicos, entre o Metro, a Carris e os táxis, assim como os hotéis, para a necessidade de se "estar preparado para dar resposta a este acréscimo" de passageiros.

O aeroporto preparou também a iniciativa Airport Expo, com as autarquias de Lisboa e Óbidos e o Instituto Pedro Nunes, uma "montra" de 12 'startups' (empresas em início de atividade) que vão estar a partir de segunda-feira na zona das chegadas e partidas, neste último caso num espaço decorado pelo 'grafiter' brasileiro Utopia.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá este ano em Lisboa (e nos dois anos seguintes, com possibilidade de mais dois anos), onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos, 700 investidores e 2.000 jornalistas internacionais.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.