O incidente, arremesso de ratos mortos aos jogadores da equipa adversária, ocorreu a 17 de abril, durante um jogo que opôs os clubes rivais da capital dinamarquesa e que terminou com o triunfo por 1-0 do Copenhaga, que este mês revalidou o título de campeão.

A multa de 150 mil coroas dinamarquesas aplicada pela DBU (cerca de 20 mil euros) foi também para penalizar o uso de artifícios pirotécnicos durante o jogo entre os dois primeiros classificados.

A DBU considerou o arremesso dos ratos, que já levou o Brondby a proibir pelo período de um ano a entrada no seu estádio a duas pessoas, como uma “circunstância agravante”.

O Copenhaga também foi multado em 75 mil coroas (cerca de 10 mil euros) por os seus adeptos também terem deflagrado engenhos pirotécnicos durante o mesmo jogo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.