A competição tem sido um verdadeiro ‘pesadelo’ para os ‘encarnados’, apenas com duas vitórias em 14 jogos desde 2017/18 – com os gregos do AEK Atenas -, e que na atual época ainda não conseguiram qualquer ponto.

Nas duas jornadas anteriores, a equipa de Bruno Lage perdeu com os alemães do Leipzig, no Estádio da Luz por 2-1, e na visita ao Zenit em São Petersburgo, por 3-1, em desempenhos fracos da equipa.

Para a terceira jornada, a ‘boa nova’ é que o treinador benfiquista deverá ter aptos Rafa Silva, lesionado desde o início de outubro, e André Almeida, desde final de setembro, que na terça-feira treinaram sem limitações.

À entrada para a terceira jornada, o Benfica segue em último do grupo G, atrás de Zenit e Lyon, ambos com quatro pontos, e do Leipzig, com três, resultantes do triunfo na Luz na primeira jornada.

Os franceses estreiam na Liga dos Campeões o treinador Rudi Garcia, que na última jornada da ‘Ligue 1’, em que empatou em casa com o Dijon, substituiu o brasileiro Sylvinho, despedido face aos maus resultados no campeonato.

Em outros jogos da terceira jornada da Liga dos Campeões, o campeão europeu Liverpool visita os belgas do Genk, no mesmo grupo em que o Nápoles, de Mário Rui, visita o Salzburgo.

O Dortmund, de Rafael Guerreiro, visita o Inter de Milão, o Sálvia de Praga recebe o FC Barcelona, de Nélson Semedo, e o Lille, de José Fonte, Xeka, Tiago Djaló e Renato Sanches joga em casa com o Valência, de Thierry Correia e Gonçalo Guedes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.