"Nesse aspeto, o Benfica tem feito um bom trabalho, porque nos últimos anos têm saído jogadores fantásticos e o Benfica tem feito um trabalho fenomenal na contratação de jogadores e nos que têm subido da equipa B. Todos têm correspondido, o momento tem sido muito bom, não só para os que saíram, mas também para os que chegam, que encontram um ambiente ganhador”, disse o jogador dos ‘encarnados', confrontado com as saídas de Ederson, Nelson Semedo e Lindelof.

O brasileiro elogiou também o novo companheiro de ataque, o suíço Seferovic, autor do ‘bis' que derrotou os espanhóis.

"Todo o mundo sabe que é um grande jogador. É internacional e jogou em grandes clubes e grandes competições e vai ajudar-nos muito", afirmou Jonas.

O avançado brasileiro, melhor marcador da edição 2015/16 da I Liga, mostrou-se também contente por poder realizar uma pré-época em pleno.

“Acho que é a primeira época que estou a fazer de início no Benfica. Na primeira cheguei depois, na segunda estivemos no México, com muitas viagens, e no ano passado estive na seleção e cheguei atrasado. Este ano, estou no início e isso é importante para mim, para adquirir ritmo e ficar em boa forma já para o jogo da Supertaça (05 de agosto, em Aveiro, frente ao Vitória de Guimarães", referiu.

Por seu lado, o veterano Joaquín, ‘capitão’ do Bétis, de 35 anos, que reencontrou Jonas, antigo companheiro no Valência, comentou a contratação do lateral-direito Piccini, seu ex-colega no Bétis, pelo Sporting.

"É um jogador jovem, com margem de progressão. É um lateral com muita força, com muita presença no ataque. Vai ser uma experiência interessante para ele e creio que pode dar muito ao futebol português", salientou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.