"As rescisões já apresentadas representam um crime gravíssimo de difamação e calúnia que não vai ser deixada em claro, pelo que, para além das questões desportivas e de indemnização ao clube, ainda estarão a braços com um processo-crime pelas acusações inacreditáveis que fizeram e que terão de provar em sede de processo cível", escreve Bruno de Carvalho no Facebook.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.