Em Torun, Polónia, Nascimento esteve em muito bom plano, com apuramento direto na primeira ronda, em 6,68, para depois correr em 6,62 numa das semifinais, o que lhe deu a repescagem por tempos, para a final de mais logo, às 19:58.

Correndo na terceira e última semifinal, superou-se e chegou em quarto lugar, com o seu melhor registo de sempre. A série foi a mais rápida das três e isso permitiu que fosse repescado.

A passagem à final e o recorde pessoal, por um centésimo, fazem com que esta seja, desde já, a segunda melhor prestação de um velocista luso em Europeus ‘indoor’, logo atrás de Francis Obikwelu, que foi campeão em Paris, em 2011.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.