“O que posso dizer é que o videoárbitro podia ter ajudado o árbitro a reverter a decisão. Jogar 10 contra 11 na Liga dos Campeões, por um incidente como este, é muito desapontante. Quase perdemos por causa disso, e vamos ficar sem o Ronaldo por mais jogos”, explicou o técnico italiano.

Ronaldo foi expulso aos 29 minutos no regresso a Espanha, de onde saiu após a transferência do Real Madrid para a ‘Juve’, por ter tocado na cara de um adversário que estava sentado na grande área.

Dois penáltis do bósnio Pjanic, aos 45 e 51 minutos, deram a vitória aos italianos, com Parejo a falhar um penálti para os espanhóis em tempo de descontos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.