A equipa de Chapecó, que em 2016 já tinha conquistado este mesmo título, tinha vencido por 1-0 em casa do Avaí e acabou por beneficiar do facto de ter terminado a fase regular com mais pontos do que o seu oponente.

Aliás, esta foi a sexta vez que o Chapecoense conquistou o campeonato catarinense e a confirmação de que a equipa conseguiu recuperar, após o fatal acidente aéreo do ano passado, que vitimou quase todo o plantel, com a contratação de 27 novos jogadores.

Um erro do antigo guarda-redes do Benfica, Artur Moraes, atual capitão do Chapecoense, acabou por dar origem ao golo do Avaí, ao minuto 27, marcado por Leandro Silva.

A conquista do campeonato foi festejada no estádio Arena Condá, com a presença de sobreviventes da tragédia e familiares das vítimas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.