O documento de André Ventura “recomenda ao Governo que, considerando a atividade desportiva uma atividade essencial para o país nas suas mais variadas dinâmicas, promova a retoma de assistência de público nos recintos de eventos desportivos nas várias modalidades, profissionais e amadoras, a operar em Portugal, mediante um protocolo rigoroso de cumprimento das regras sanitárias a aprovar pela DGS”.

“Todas estas atividades continuam hoje a depender da presença do público para que continue a ser possível garantir a própria a sua própria sustentabilidade, não só de sociedades desportivas profissionais ou clubes, como de associações desportivas ou recreativas que têm na assistência do público à prática desportiva a sua principal fonte de receita ou uma das mais importantes fontes de financiamento”, justifica o líder do partido populista.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.