David Silva, aos 12 minutos, e Aguero, aos 48, colocaram a equipa de Pep Guardiola a vencer por 2-0, tendo a equipa de José Mourinho reduzido a desvantagem aos 58, através de uma grande penalidade convertida por Martial.

A equipa da casa aumentou a vantagem aos 86 minutos, por intermédio de Gundogan, a passe do português Bernardo Silva.

A derrota deixa a equipa de José Mourinho na oitava posição da liga inglesa, em igualdade pontual com Bournemouth e Watford e a 12 pontos da liderança.

O Wolverhampton, orientado por Nuno Espírito Santo, esteve a vencer desde os 13 minutos na visita ao Arsenal, com um golo de Ivan Cavaleiro, um dos cinco portugueses do onze titular, mas acabou por ceder o empate aos 81 minutos, num lance finalizado por Mkhitaryan.

Além de Cavaleiro, alinharam de início nos ‘Wolves’ Rui Patrício, Hélder Costa, com cinco portugueses no onze titular, João Moutinho e Ruben Neves, que já em tempo de descontos (90+5) rematou à barra.

O Arsenal, que a meio da semana assegurou a continuidade na Liga Europa ao empatar sem golos com o Sporting, desceu ao quinto lugar da ‘premier league’, com menos três pontos do que o Tottenham, quinto, e menos oito do que o líder.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.