O Bayern Munique confirmou hoje o teste positivo ao novo coronavírus do médio Joshua Kimmich, que assim se junta ao caso já conhecido do avançado camaronês Eric Choupo-Moting, outro dos jogadores do clube bávaro que não se vacinaram.

O clube adianta que Kimmich está bem, a cumprir isolamento em casa, situação que acontece pela segunda vez este mês.

Hoje de manhã tinha sido confirmado o caso de Choupo-Moting, que já não tinha alinhado terça-feira em Kiev na vitória por 2-1 sobre o Dínamo, para a Liga dos Campeões, jogo do grupo E, que também inclui o Benfica.

Kimmich recusa a vacina "por razões pessoais", fazendo parte de um grupo de cinco não vacinados no clube campeão alemão, a par de Choupo-Moting, Serge Gnabry, Jamal Musiala e Michael Cuisance.

Confrontado com esta situação, o Bayern decidiu reduzir o salário dos jogadores não vacinados do clube.

A covid-19 já provocou mais de cinco milhões de mortos no Mundo e mais de 250 milhões de infeções. Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.370 pessoas e foram contabilizados 1.130.370 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Hoje, verificaram-se mais 3.773 novos casos em território nacional, o valor mais elevado desde 28 de julho, com 17 mortes associadas à covid-19.

Na Alemanha, ocorreram mais 38.771 novos casos e 178 novas mortes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.