“Os quatro foram de imediato colocados em quarentena e, como tal, não participarão no jogo de quinta-feira com o Rangers, e no de domingo contra o Saint-Trond VV”, informou o Standard Liège.

O clube indica que outros dois jogadores que testaram negativo, mas que coabitam com um dos positivos, também foram afastados do grupo até à realização de um segundo teste.

Os futebolistas que testaram positivo foram Moussa Sissako, Nicolas Raskin e Michel-Ange Balikwisha.

Na semana passada, a radiotelevisão pública belga RTBF informou que o Rangers tinha pedido para treinar no seu estádio na véspera do jogo, de modo a encurtar a sua estadia naquele país, particularmente afetado pela pandemia de Covid-19.

Com uma incidência acumulada de 828,6 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, segundo a última atualização de dados do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, a Bélgica é o segundo país da União Europeia mais afetado pela Covid-19, só atrás da República Checa (905,1).

Liège é a zona mais afetada dentro do país, com uma incidência acumulada de 1.510 casos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.