A primeira etapa, entre Nador e La Momie, na extensão de 648,68 km, dos quais 90,57 km cronometrados, entre Ameziane e Merada, foram de ‘aquecimento’ para a caravana da África Eco Race, que após a partida simbólica, por mar, do Mónaco, se encontra em Marrocos.

Numa edição que se prevê que exija muito trabalho de navegação, com a introdução de novas pistas, a dupla francesa Dominique Laure/Christopher Crespo, em Optimus MD, acabou por ser a mais rápida, com o tempo de 59.46 minutos, logo seguida do camião Iveco do belga Igor Bouwens, a 11 segundos.

O terceiro lugar da etapa pertenceu à dupla francesa Dominique Housieaux/Arnaud Debron, também num Optimus MD, a 58 segundos do vencedor, tendo o MAN de Elisabete Jacinto/José Marques/Marco Cochinha terminado em quarto, a 1.34 minutos.

Em motas, o triunfo pertenceu ao italiano Alessandro Botturi, em Yamaha, com o tempo de 1:04.42 horas, seguido do norueguês Pal Anders Ullevalseter, em KTM, a 6.09 minutos, e do britânico Richard Kaye, em KTM, a 10.02 minutos.

A segunda etapa do África Eco Race decorre quarta-feira entre La Momie e Foum Zguid, na extensão de 433,89 km, dos quais apenas 2,67 km são de ligação, e irá constituir o primeiro grande teste aos pilotos, com dunas e novas pistas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.