"Em termos orçamentais, este é um ano de boas noticias para o desporto. Pelo segundo ano consecutivo, temos reforço orçamental. Temos um aumento de 5,3 por cento, o que é significativo, para um orçamento total de 77 milhões de euros, importante na consolidação do projeto olímpico e também do paralímpico", enalteceu o ministro responsável pela tutela do Desporto.

O Orçamento do Estado para 2017 prevê um aumento de 5,3 por cento das verbas alocadas ao Desporto, dos 73,161 milhões de euros deste ano para os 77,065 do próximo.

"Começámos os ciclos olímpicos e paralímpicos para Tóquio2020 e, de forma importante, uma articulação do IPDJ com as federações desportivas. Por outro lado, [garantimos] a alocação de muito dinheiro que tradicionalmente está no Orçamento da educação para o desporto escolar, que é o maior clube nacional em número de modalidades e participantes, e o lançamento das unidades de apoio ao alto rendimento desportivo, que permitem, neste momento, que quatro escolas piloto ajudem a compaginar a prática desportiva de alta competição com a formação académica", enumerou.

Tiago Brandão Rodrigues, que falava à margem da Gala da Confederação do Desporto de Portugal (CDP), a decorrer no Casino Estoril, frisou que este foi um ano marcante para o desporto nacional.

"É importante que a CDP tenha organizado esta Gala e tenha aqui muitos dos campeões. Podemos reconhecer o trabalho árduo dos nossos desportistas, mas também dos dirigentes federativos e dos nossos treinadores, de toda a família do desporto, que todos os anos se congrega aqui para poder celebrar o desporto, a importância do desporto, como um dos pilares importantes da nossa sociedade, da nossa economia e do nosso sistema educativo, não só pelo desporto escolar, mas pela valorização da educação física", concluiu o ministro da Educação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.