O campeão da primeira edição do Millennium Estoril Open foi afastado pelo 66.º tenista mundial, que venceu por 6-2, 3-6 e 7-6 (7-4), em duas horas e 41 minutos, e avançou para as meias-finais, fase em que irá encontrar o vencedor do embate entre o luxemburguês Gilles Muller e o japonês Taro Daniel.

Depois da derrota do campeão em título, o espanhol Nicolas Almagro, no primeiro encontro dos quartos de final da jornada, frente ao primeiro cabeça de série, o seu compatriota Pablo Carreño Busta, o Estoril Open perdeu o outro antigo vencedor.

O francês provou do ‘veneno’ de Kevin Anderson, que, tal como na quarta-feira, frente a João Domingues, sustentou o seu jogo num serviço potente e colocado, concedendo um único ponto de ‘break’ em todo o primeiro parcial, logo no primeiro jogo, que Gasquet não aproveitou.

Gasquet foi quebrado por duas vezes, entregando o primeiro ‘set’ em 33 minutos, mas começou o segundo com o pé direito, conquistando um ‘break’ que lhe permitiu estar sempre em vantagem.

O 23.º tenista mundial elevou o seu nível e, com pormenores de classe, igualou o marcador, conquistando o segundo ‘set’ com novo ‘break’.

Mas Anderson, 66.º da hierarquia ATP, não estava disposto a vender barata a derrota: depois de ser quebrado no segundo jogo, disparou verdadeiros ‘mísseis’ para colocar Gasquet em dificuldade e fazer o ‘contra-break’.

O encontro dos quartos de final estava para durar, com os dois a cometerem muitos erros, para levarem o encontro até ao ‘tie-break’. Aí, o segundo pré-designado voltou a falhar, com Anderson, autor de uma grande exibição, a vencer por 7-4.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.