Segundo o estudo, que registou mais de 15 mil respostas, mostra que “a maioria dos fãs quer ver um Mundial mais frequentemente”, com a frequência preferida a ser bianual.

O inquérito, realizado ‘online’ por uma empresa especializada, abrangeu respostas das seis confederações que compõem a FIFA e demonstra que as gerações mais novas apoiam mais facilmente uma mudança do que as mais velhas, havendo também diferenças entre o chamado mercado desenvolvido e as regiões em desenvolvimento.

A FIFA adianta ainda que está a realizar um estudo com mais de 100 mil pessoas, em mais de 100 países, para ter ma perceção global sobre o Mundial masculino e também o feminino.

O organismo de cúpula do futebol mundial tem feito circular a ideia de tornar o Mundial bianual, uma iniciativa já rejeitada, entre outras instituições de monta, pela UEFA e pela Conmebol.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.