Apesar de ter assegurado matematicamente o sétimo título da carreira na prova anterior, na Turquia, Hamilton dominou as três fases da qualificação no circuito de Sakhir, no Bahrain, fazendo a sua melhor volta em 1.27,264 minutos, deixando o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) a 289 milésimos de segundo.

O holandês Max Verstappen (Red Bull) foi o terceiro mais rápido da sessão, a 414 milésimos de Hamilton, que admitiu ter pilotado "no limite".

"Sem a pressão do título, é um alívio poder pilotar desta forma", sublinhou o virtual campeão mundial.

A sessão foi interrompida depois de uma avaria no McLaren do espanhol Carlos Sainz, que ficou parado no final da reta da meta, após um pião.

O quarto classificado, o tailandês Alexander Albon (Red Bull), conseguiu bater o mexicano Sérgio Perez (Racing Point), que tem sido apontado ao seu lugar na equipa, mas ambos já a mais de um segundo do autor da ‘pole’.

O Grande Prémio do Bahrain de Fórmula 1 é a 15.ª prova da temporada.

Lewis Hamilton, com 307 pontos, é o virtual campeão, feito que acontece pela sétima vez na carreira, tendo igualado o recorde de títulos do alemão Michael Schumacher.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.