O belga Tony Djim, aos 14 minutos, na sequência de uma assistência de cabeça do reforço venezuelano Nahuel Ferraresi, após livre, e o guineense Madi Queta, aos 15, com um bom trabalho individual, foram os marcadores dos golos dos ‘dragões’.

O Celta de Vigo B criou perigo perto do final da primeira parte, em que ganhou dois pontapés de canto, mas as intenções de Rodriguez e Alex esbarraram na oposição do central Ferraresi, vice-campeão do mundo de sub-20, em 2017.

No início da segunda parte, a formação espanhola reduziu por Jacobo González, com um pontapé de longe que apanhou de surpresa o guarda-redes Ricardo Silva, e as muitas alterações operadas em ambas as equipas retiraram consistência à partida.

Aos 52 minutos, numa boa iniciativa de Jocobo González, o perigo voltou a rondar a baliza dos ‘dragões’, num lance em que foi decisiva a intervenção de Luís Mata, e, aos 69, foi a vez de o colombiano Ángel Torres rematar com perigo, mas ligeiramente ao lado da baliza do Celta de Vigo B.

O encontro chegou ao fim com o FC Porto, perante cerca de mil adeptos presentes no estádio do Pedroso, a procurar dilatar a vantagem, mas sem resultados práticos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.