A equipa de António Folha perdeu o primeiro posto, o único que dá acesso direto aos oitavos de final (o segundo lugar do grupo leva a um ‘play-off’), fruto da derrota com o Copenhaga e da vitória do Club Brugge em casa do Leicester (2-3).

Em Osterbro, o Copenhaga dominou a partida durante grande parte dos 90 minutos, tendo na primeira parte duas boas oportunidades, por Roerslev e Bellman (aos 16 e aos 43), embora tenha sido a formação portuguesa a marcar primeiro.

Em cima do último minuto da primeira parte, um erro infantil do médio Nartey deixou a bola nos pés de Moreto Cassamá com um mau atraso para o guarda-redes, com o capitão dos ‘dragões’ a bater Djukic sem dificuldade.

A segunda parte começou com uma reação forte do Copenhaga, que marcou dois golos em dois minutos, aos 51, num livre de Rojkjaer que Nartey aproveitou para ‘emendar’ o erro da primeira parte, e depois um golo do próprio Rojkjaer, depois de uma desconcentração do FC Porto permitir a assistência, na área, de Kristoffersen para o n.º 10 dinamarquês completar a reviravolta.

Os ‘dragões’ deram mostras de querer responder, com um remate perigoso de Estrela e outro de Cassamã, aos 55 e 56 minutos, mas a equipa demonstrava mais coração que cabeça na tentativa de chegar ao empate.

Aos 72 minutos, António Folha retirou um defesa e colocou em campo o avançado António Nascimento, à procura de outro resultado, mas a substituição não deu frutos no ataque e abriu espaço a várias tentativas do Copenhaga.

Os dinamarqueses aproveitavam o espaço deixado pelos portugueses entre a defesa e o meio-campo e por várias vezes criaram perigo, principalmente por Kristoffersen e Rojkjaer.

O FC Porto podia ter empatado aos 87, depois de um desvio do ganês James Arthur deixar a bola à mercê de Diogo Dalot, que com tudo para fazer o empate rematou por cima.

Três minutos depois, o Copenhaga sentenciou a partida com o terceiro golo, num desvio de cabeça de Kristoffersen a dar boa resposta a um canto de Rojkjaer.

Os juniores do FC Porto somaram a segunda derrota consecutiva na Youth League, somando agora os mesmos nove pontos que trazia da jornada anterior.

O Copenhaga tem agora sete e na última jornada, a 07 de dezembro, visita o Club Brugge. O FC Porto recebe o Leicester e precisa de ganhar para ainda aspirar ao primeiro lugar do grupo, dependendo para isso da derrota do Club Brugge.

Jogo no Osterbro Stadion, em Osterbro.

Copenhaga – FC Porto, 3-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Moreto Cassamã, 45+1 minutos.

1-1, Nartey, 50.

2-1, Rojkjaer, 51.

3-1, Kristoffersen.

Equipas:

- Copenhaga: Djukic, Roerslev, Verterlund, Racic, Bellman (Wind, 80), Holse, Rojkjaer (Jensen, 90+3), Bay, Nartey, Kistoffersen, Hjulmand (Sahin, 90+2).

(Suplentes: Monty, Felix, Sahin, Wind, Hilmarsson, Jensen, Samrawi).

Treinador: Brian Riemer.

- FC Porto: Diogo Costa, Diogo Dalot, Diogo Queirós (António Nascimento, 72), Jorge Fernandes, Reabciuk, Rui Pires, Moreto Cassamã, João Cardoso (James Arthur, 63), Bruno Costa, Abou (Madi Queta, 80) e Paulo Estrela.

(Suplentes: Silva, Diogo Casimiro, João Lameira, Michael Morais, Madi Queta, António Nascimento).

Treinador: António Folha.

Árbitro: Juri Frischer (Estónia).

Ação Disciplinar: Cartão amarelo para Reabciuk (25 minutos), Bellman (32), Hjulmand (86).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.