Os ‘dragões' que vinham de uma derrota na última jornada, frente ao Famalicão, por 2-1, regressaram às vitórias, no Estádio do Dragão, com um golo madrugador de Corona (06 minutos).

Sérgio Conceição, para este encontro, já pôde contar com Alex Telles, que esteve afastado devido a castigo, e fez outra alteração no ‘onze, ao tirar, por opção, Soares, substituindo por Zé Luís.

Por outro lado, no Marítimo, José Gomes não teve à sua disposição Correa e Rodrigo Pinho, que cumprem castigo.

O FC Porto entrou melhor no jogo e, os 06 minutos, inaugurou o marcador com um golo de belo efeito de Corona. Após um alívio para a entrada da área, depois de um canto a favor dos ‘azuis e brancos', Corona rematou de primeira à meia-volta, fazendo a bola entrar na baliza, sem dar qualquer hipótese a Charles.

Apesar do ascendente da formação portista, o Marítimo conseguiu criar algumas oportunidades de golo. A primeira aconteceu aos 17 minutos, com Maeda, depois de um cruzamento, a surgir ao segundo poste, mas a falhar a finalização.

Os insulares intensificaram a pressão e aos 23 minutos tiveram nova oportunidade para chegar ao empate. Um cabeceamento muito forte de Joel Tagueu obrigou Marchesín a uma defesa por instinto para evitar o golo.

O tento madrugador dos portistas desequilibrou o jogo dos insulares que, apesar de conseguirem criar algumas situações de perigo, falharam na finalização.

Ainda antes do intervalo, o FC Porto esteve perto de chegar novamente ao golo, desta feita, por intermédio de Sérgio Oliveira que disparou à baliza, mas Charles defendeu para canto.

No segundo tempo, a partida equilibrou, mas o jogo tornou-se mais lento e com pouca história.

Manafá viu cartão amarelo e, por isso, não vai poder jogar no próximo encontro do FC Porto, com o Desportivo das Aves.

Sérgio Conceição fez a primeira substituição aos 72 minutos. Marega deu lugar ao jovem Fábio Vieira, que fez a sua estreia em jogos oficiais da equipa principal, perante um Estádio do Dragão vazio.

O FC Porto ficou reduzido a dez jogadores depois de Alex Telles ter sido expulso, por acumulação de amarelos. O brasileiro também não vai jogar na próxima jornada em Vila das Aves.

Se até então o jogo já estava contido e com poucas oportunidades, com os ‘dragões' a jogarem com menos um, a formação liderada por Sérgio Conceição limitou-se a segurar o resultado e fê-lo com a competência que se imponha nesta circunstância, conseguindo evitar que a equipa insular chegasse perto da baliza de Marchesín.

A fechar, Soares esteve perto de marcar, mas Nanu cortou a bola mesmo em cima da linha.

O FC Porto lidera agora isolado a prova, com 63 pontos, mais dois que o Benfica, no segundo lugar, enquanto, o Marítimo está na 15.ª posição, somando 25 pontos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.