Numa primeira parte com cinco golos, o Ajax até se adiantou no marcador, por intermédio do dinamarquês Lasse Schöne, aos oito minutos, mas Jens Toornstra, aos 16, e Steven Berghuis, aos 31, operaram a reviravolta para a formação de Roterdão.

O marroquino Hakim Ziyech viria a repor a igualdade pouco depois, aos 33 minutos, só que o experiente avançado Robin van Persie, de 35 anos, colocou o Feyenoord novamente em vantagem, em cima do intervalo, aos 43.

No segundo tempo, o internacional holandês alcançou o ‘bis’, aos 56 minutos, cabendo a Tonny Vilhena, aos 75, e a Yassine Ayoub, aos 85 (um minuto depois de ser lançado no jogo) dilatarem os números de uma goleada sem paralelo em 40 anos: desde 1979 que o Feyenoord, campeão em 2017, não vencia o Ajax por quatro golos.

Com este resultado, o emblema de Amesterdão mantém o segundo lugar, com 47 pontos, mais oito do que o Feyenoord, terceiro classificado, mas viu fugir o líder e campeão em título PSV, que soma 52, depois de no sábado ter batido por 2-1 o Groningen.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.