Krzysztof Piatek, avançado do AC Milan e que foi apontado como estando na mira de Chelsea e Tottenham, afinal, rumou ao Hertha Berlin. Já Daniel Podence, ex-Olympiakos, após ter sido noticiado nos últimos dias que estava muito próximo de rumar a solo britânico, já fala oficialmente como novo membro da alcateia do Wolves de Nuno Espírito Santo. Até Carlos Carvalhal, técnico do Rio Ave e com experiência de Premier League, preconiza à BBC que Bruno Fernandes estará adaptado à realidade inglesa num futuro muito próximo — além de deixar claro que se trata de um jogador de "outro nível".

Mas estes são só alguns negócios já confirmados e dos quais os adeptos dos respetivos novos clubes já sonham com a sua estreia. Conquanto, e como não podia deixar de ser, são esperadas movimentações de última hora para acertar e refinar plantéis por essa Europa fora. Até porque algumas são mesmo inusitadas ou inesperadas.

Neste cômputo, agregamos confirmações como a de Esteban Granero, ex-Real Madrid, que trocou a LaLiga (o Espanyol, para onde foi recentemente RDT) pela... terceira divisão. Neste caso, para o Marbella — líder da Segunda División B G4. Ou, então, a ida de Trincão, de 20 anos, para o Barcelona que, escreve o MaisFutebol, está praticamente fechada. Segundo a publicação, a transferência contou com a mediação de Jorge Mendes e deve rondar os 31 milhões de euros — e Abel Ruiz faz o percurso inverso e reforça o ataque dos arsenalistas. Porém, só será consumada no final da temporada.

Por cá, a par do que aconteceu no ano passado, é esperada uma janela calminha, sem grande alarido e com casos pontuais — exceto para os lados do Minho, mais concretamente em Famalicão, onde os reforços chegam em catadupa. Em suma, o FC Porto está obrigado a viver com a realidade do fair play financeiro, o Sporting CP deverá (ou não) ir à procura de um substituto para o seu antigo capitão (Francisco Geraldes?) e o SL Benfica parece estar contente com o que tem (Dyego Sousa ainda pode chegar) ao seu dispor — mas sem perder Taremi ou Pedrinho de vista.

Futebol: Rio Ave vs Desportivo das Aves
O jogador do Rio Ave, Mehdi Taremi, festeja após marcar um golo contra o Desportivo das Aves durante o jogo da Primeira Liga de Futebol, disputado no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde, 23 de agosto de 2019. HUGO DELGADO / LUSA créditos: © 2019 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
  • Mehdi Taremi  (Rio Ave para Sporting CP | SL Benfica | Estrangeiro) 

Tem sido um dos destaques da I Liga e é um dos bons jogadores do campeonato. Não joga num grande, mas tem dimensão futebolística para o fazer, especialmente se tivermos em conta o alegado interesse de clubes estrangeiros. Sobre este assunto, o treinador do Rio Ave disse "não poder garantir que não haja saídas", mas espera "que tal não aconteça".

"Até ao final deste período do mercado não podemos garantir que ninguém sai. Basta vir um clube e bater a cláusula e nada podemos fazer. Mas não pensamos em fazer grandes reajustes. Continuamos à procura de um médio defensivo, mas não contamos ver ninguém sair", revelou Carlos Carvalhal na antevisão do jogo com o Vitória de Guimarães.

Mehdi Taremi, avançado que fez quase toda a carreira no futebol iraniano, destacou-se no Persepolis antes de rumar ao Al-Gharafa, tendo na época passada cumprido 24 jogos e apontado 10 golos.

O jogador, de 27 anos, que é internacional pelo seu país, contando com 47 jogos e 19 golos, assinou um contrato por duas temporadas e está em Vila do Conde desde o verão. Fez até ao momento 1.436 minutos pelos vilacondenses, distribuídos por 21 jogos, nos quais apontou 9 golos.

Segundo a edição de ontem d'A Bola, o iraniano não é hipótese descartada na SAD encarnada. Já o Sporting CP — que também se falou em tempos que havia prestado interesse no jogador —, ainda de acordo com o desportivo, é considerado demasiado caro e aponta agora para Nélson Oliveira, ex-Benfica, agora no AEK-Atenas.

Há interesse dos encarnados no médio ofensivo brasileiro. Quem o diz é o homem que é detentor de 30 por cento do seu passe do avançado ao jornal A Bola (o empresário Will Dantas). E também confirmou que Giuliano Bertolucci (empresário) e Andrés Sanchez (o presidente do Corinthians) se encontram na Europa para negociar o jogador. Novidades? Para breve. Por agora, aquilo que o SL Benfica apresentou ao clube foi uma "proposta ridícula".

"A proposta seria de 15 milhões de euros [para o Corinthians] mais a inclusão do Yony González [no negócio]. O Andrés [Sanchez] não quis nem conversar. Não teve conversa nem acordo. Acho que ele está certíssimo. Se essa proposta tiver chegado dessa maneira, ele não deveria nem sentar na cadeira para conversar. [A proposta] foi muito ridícula", revelou Bertolucci à Fox Sports Brasil.

É esperar e perceber se há desenvolvimentos nas próximas horas. Até porque a imprensa brasileira sugere que os alemães do Dortmund também estão interessados no jogador.

No currículo de Pedrinho, avançado que joga primordialmente descaído para o lado direito, mas que também faz bem a posição do miolo, reza um Torneio de Tolon (2019) e um Brasileirão (2017). É produto das escolas Corinthians, nunca jogou noutro clube e tem 21 anos.

FC Porto vs Paços de Ferreira
créditos: LUSA

Sérgio Conceição desabafou após o desaire na Taça da Liga, afirmando que é preciso remar numa só direção no clube e lamentando o desinvestimento no plantel. Pinto da Costa afirmou depois que mantém confiança no seu timoneiro. Só que o fair play financeiro da UEFA é assunto sério e complicado. Daí que existam necessidades que a SAD portista tem de satisfazer. Uma delas é olhar para as despesas e fazer receitas através de vendas. Neste âmbito, o FC Porto tem alguns ativos que podem saldar as necessidades e o cabo-verdiano, que se encontra lesionado, é um deles — além de estar a ser apontado como sendo um dos possíveis (mais um!) alvos do... Tottenham.

O início de época foi bastante prometedor. Um hat-trick, à 2ª. jornada, frente ao Setúbal, no Dragão, abriu as hostes para, no clássico que se seguiu, em pleno estádio do rival SL Benfica, fazer o gosto ao pé, na vitória por 2-0. Porém, ainda que assim fosse, desde finais de setembro, o avançado marcou apenas 2 golos: um à 6ª. jornada, em casa, diante a turma açoriana do Santa Clara; e, outro, a 2 de dezembro, também no Estádio do Dragão, mas agora contra o Paços de Ferreira. Ou seja, 20 jogos no total e 8 golos marcados.

Zé Luís, de 29 anos, assinou contrato com o FC Porto até 2023 no verão passado, mas, segundo adianta a Tribuna do Expresso (que escreve também que o rendimento e influência na equipa diminuiu porque não gosta da posição que ocupa em campo), poderá sair caso apareça uma proposta na ordem dos 20 milhões de euros.

Richarlison festeja o golo marcado
créditos: Oli SCARFF / AFP

Não parece muito provável que o avançado brasileiro abandone Goodison Park, mas já se sabe que é difícil rejeitar propostas volumosas. O artilheiro dos Toffes leva 10 golos marcados esta temporada e é a principal referência do ataque da equipa de Carlo Ancelotti. É novo (fará 23 anos em maio), polivalente (pode jogar ao meio e nas alas) e dispõe de uma disponibilidade física altíssima (é veloz e forte). E, de acordo com a talkSPORT, que cita a Sky Sports, o Everton terá rejeitado uma oferta na ordem os 100 milhões de euros (85 milhões de libras) do Barcelona.

A contas com uma lesão grave (no joelho) sofrida durante o jogo da meia-final da Supertaça espanhola, contra o Atlético Madrid, é muito provável que Luis Suárez já não jogue mais esta época e é carta fora do baralho. E, segundo a talkSPORT, o Diretor Desportivo catalão, Eric Abidal, aprecia as qualidades do dianteiro brasileiro, vendo-o como uma opção válida para construir o futuro dos blaugrana. Richarlison chegou ao Everton em 2018 proveniente do Watford, numa transferência que custou 39 milhões de euros, de acordo com a Transfermarket.

Nem sempre prolífico à frente da baliza, mas com faro de golo, conta com 21 golos em 57 encontros disputados na Premier League pela equipa de Liverpool — oito dos quais esta temporada. Bem cotado no Brasil, já disputou 19 jogos pela seleção canarinha.

Todavia, é muito pouco provável que o Everton se deixe seduzir pelo assédio dos tubarões europeus por uma série de razões. Uma, parece óbvia: Richarlison é um dos maiores ativos da equipa. Posteriormente, Carlo Ancelotti dificilmente permitirá a saída de um dos seus elementos mais preponderantes e que muito terá contribuído para ter aceite o desafio de ir treinar o Everton após ser confirmada a saída de Marco Silva do comando técnico dos Toffes.

Mas, como já ficou provado, às vezes o dinheiro fala mais alto e aquilo que parece certo e pouco provável acaba mesmo por acontecer.

Dries Mertens reage durante a partida no San Paolo
créditos: EPA/CESARE ABBATE

A possibilidade mais falada é realmente sobre a mudança do belga para Londres, mas agora os franceses do PSG juntam-se também ao lote de interessados por Mertens. O primeiro tem esse estatuto, contudo, porque Frank Lampard, explica o The Guardian, vê o avançado móvel como a opção ideal para resolver a falta de competição interna na frente de ataque — onde o homem da casa Tammy Abraham tem feito o possível.

Porém, esta sexta-feira foi noticiado que o Paris Saint-Germain, orientado por Tuchel, está de olho no craque e vê como bons olhos a sua aquisição para colmatar a também previsível saída de Edinson Cavani. Mertens, de 32 anos, está no último ano de contrato e tem sido um dos principais rostos do Nápoles desde que chegou aos italianos, em 2013, proveniente do PSV. No total, apontou 116 golos (em 2016/2017 ficou em 2.º na lista dos melhores marcadores da Serie A com 28 golos, superado apenas por Edin Džeko, com 29).

Fica agora por saber é se os napolitanos o deixam sair. Esta época marcou 10 golos (seleção nacional e clube) e vão defrontar o Barcelona nos 16-avos de final da Liga dos Campeões. O que, diga-se, seria um rude golpe nas pretensões da equipa de Lampard que já levou negas na Bundesliga (Sancho e Timo Werner só são negociáveis a partir do verão), Ligue 1 (o Lyon nem quer ouvir falar sobre Moussa Dembélé) e viu o Crystal Palace avaliar Zaha em quase 100 milhões de euros.

Edinson Cavani
créditos: AFP or licensors

Qual é a equipa — e treinador, direção e afins — que se predispõe a dispensar um goleador do gabarito de Cavani? Uma que se dá ao luxo de contar com Mbappé, Neymar Jr. e Icardi nas fileiras. É certo que, no passado, desavenças em torno de penáltis já faziam prever um desfecho desta natureza, mas esta hipótese nunca tinha estado tão próxima de se tornar real como agora.

Escrever sobre "El Matador" é ir ao encontro de números e golos. Cavani, ao serviço dos franceses, nunca marcou menos de 23 golos durante uma época. Foi campeão pelo PSG cinco vezes, ganhou quatro Taças de França e cinco Taças da Liga. Em 2016-17, fez o seu melhor registo: em 50 partidas, marcou 49 golos. Contas feitas, desde que trocou o Nápoles pelo Paris Saint-Germain, em 2012, marcou 198 golos em 293 jogos. E agora, ao que tudo indica, pode deixar o Parque dos Príncipes.

Porém, uma coisa é certa: já não caminha para novo. Aos 32 anos (faz 33 em fevereiro), isso pode pesar na decisão quer do PSG (em deixá-lo sair), quer do Atlético Madrid (em não querer pagar demasiado pelo seu passe). Isto porque os colchoneros não estão dispostos a ir além dos 15 milhões de euros pela transferência, de acordo com a Le Parisien. Segundo o jornal, esta é, aliás, uma posição contundente dos espanhóis.

Real Sociedad vs FC Barcelona

É um nome que tem sido apontado como possível reforço de José Mourinho, mas que gera sempre alguma reticência quanto à sua credibilidade. É um jogador alto (1.89m), possante e viria para suprir a vagar deixada por Kane. No entanto, parece pouco provável que a transferência se materialize, tendo em conta as outras duas contratações de inverno do Tottenham: Gedson Fernandes (empréstimo com opção de compra) e Steven Bergwijn (assinou em definitivo até 2025). Além da idade (o primeiro tem 21, o segundo 22), percebe-se o plano em construir um plantel para o futuro. Willian José, por outro lado, não parece encaixar nesse perfil, apesar da necessidade dos Spurs em ir ao mercado buscar um avançado.

Ainda assim, a ESPN avança que a Real Sociedad está a tentar negociar a transferência por valores a rondar os 20 e 30 milhões de euros — apesar do avançado estar blindado por uma cláusula de 70 milhões. O brasileiro ainda tem quatro anos de ligação com os bascos em virtude do contrato que assinou em 2018, mas já terá comunicado a sua vontade de sair caso exista a oportunidade. Segundo o canal desportivo, a estrutura do Tottenham está confiante de que consegue assegurar aqui um bom negócio.

Contudo, Willian José não é a única opção em cima da mesa. Fernando Llorente tem sido um dos nomes falados — e até já conhece os cantos à casa — , mas Cristhian Stuani, do Girona, é outro nome entre os leques possíveis. De resto, o dianteiro (que tem dupla nacionalidade, tendo passaporte espanhol) da equipa de San Sebastián, em 28 jogos disputados esta temporada e apontou 8 tentos. Em 2017/18, naquela que foi a sua melhor prestação até à data, apontou 20 golos em 40 jogos.

Mas, a julgar pelas últimas prestações do sueco Alexander Isak (marca há três jogos consecutivos e parece que se entende às mil maravilhosas com o seu conterrâneo nórdico e estrela da companhia, Martin Ødegaard) e pelo tempo útil de jogo de José, parece que ambas as partes — direção e jogador — já se preparam para a cissão na relação.

Cédric Soares em ação frente ao Manchester United na final da Taça da Liga Inglesa
créditos: EPA/Andy Rain

O lateral direito, de 28 anos, está em Inglaterra desde 2015/16. Presença assídua no onze do austríaco Ralph Hasenhüttl durante esta campanha na Premier League, o campeão europeu por Portugal em 2016 pode rumar agora a um histórico inglês. Desde que trocou os leões pelos Saints fez 138 jogos pelo Southampton e marcou três golos.

A recuperar de uma lesão no pé até final de fevereiro, e fazendo jus aos rumores que circulam na imprensa inglesa, é provável que troque o St. Mary's pelo Emirates já este mercado. O seu contrato expira no final do verão, mas de acordo com o Telegraph, os Gunners estão dispostos a pagar 1,2 milhões de euros para assegurar o empréstimo do português até ao final da temporada. E, finda a temporada, segundo a publicação,  terá à sua espera um contrato válido para os próximos quatro anos.

A confirmar-se a mudança, será a segunda contratação de Mikel Arteta para a defesa dos arsenalistas após ter sido assegurada a chegada de Pablo Mari, peça basilar nas conquistas do Flamengo de Jorge Jesus.

Gareth Bale
créditos: EPA/MAHMOUD KHALED

É uma novela antiga, com muitos episódios, mas com um final igual em todos eles: seja verão ou inverno, são várias as soluções ou destinos, porém, acaba por ficar em Madrid. Todavia, de acordo com o Daily Mail, durante esta quarta-feira, decorreram reuniões em Espanha para garantir o regresso de Gareth Bale a Londres — e conhecer o "New Tottenham Hotspur Football Stadium". O galês, no entanto, teria de aceitar aceitar reduzir substancialmente o seu ordenado.

Bale, de 30 anos, foi contratado em 2013 pelo Real Madrid ao Tottenham, por 100 milhões de euros, tendo um vínculo válido com o clube espanhol até junho de 2022. Porém, são mais as noticias em torno do que faz pela seleção galesa e fora das quatro linhas — basta recordar a bandeira "Gales, Golfe, Madrid. Por essa ordem" — do que propriamente pelas exibições que tem feito pelos blancos. Não obstante, no CV constam 4 Ligas dos Campeões, 3 Mundiais de clubes, 2 Supertaças Europeias e 1 campeonato espanhol.

Há uns meses, o esquerdino afirmava que esta época as coisas "não lhe estavam a sair bem", mas que não era o pior momento da sua carreira — esse foi quando Harry Redknapp era seu treinador e não jogava pelos Spurs. Nem que seja porque no verão falou-se que havia ordenado milionário chinês à espera e esteve com um pé na porta de saída, mas ficou e acabou por bater o recorde de Ronaldo (O Fenómeno) pelo Real Madrid. Isto é, o galês soma agora 105 golos pelo clube — mais um que R9 e mais do que aqueles marcados por Figo (57) e Zidane (49) juntos.

Ivan Rakitic
créditos: JOSEP LAGO / AFP

A ESPN britânica fala em contactos sobre disponibilidades. Portanto, não se pode considerar nem um daqueles rumores sem nexo ou pouco prováveis. É o que é — uma sondagem. Ainda assim, pode ser o início de algo e é um jogador que já expressou anteriormente que gostava de ter mais minutos nas pernas do que aqueles que tem tido nos últimos tempos.

O croata, de 31 anos, em todas as épocas que disputou ao serviço dos catalães, alinhou sempre em mais de 50 partidas pelo Barcelona. Fosse sob a batuta de Luis Enrique ou Ernesto Valverde, o médio ou saía do banco ou era titular no meio-campo dos blaugrana. No entanto, a realidade demonstra que a sua influência tem perdido fulgor nos últimos anos.

Porém, o negócio está longe de estar fechado. Um das razões apontadas prende-se com facto de Rakitić não ter intenção de retirar a sua família de Espanha. Além disso, se é uma realidade que o gigante de Manchester quer colmatar as ausências de Paul Pogba e Scott McTominay (ambos a recuperar de lesões), a confirmação da transferência de Bruno Fernandes para os Red Devils vem diminuir um pouco as hipóteses de negócio.

Olivier Giroud
créditos: AFP

É mais rumor que envolve a equipa orientada por José Mourinho, a par de Zé Luís e Willian José.

Sem entrar para as contas de Frank Lampard — participou em 7 jogos e conta com apenas 282 minutos nas pernas esta temporada —, o gaulês é um dos avançados que, segundo a imprensa inglesa, pode ser a solução temporária para colmatar a vaga deixada pela lesão de Harry Kane (que mostrou nas suas redes sociais estar a "trabalhar no duro" na sua recuperação).

Experiente, forte e alto, campeão do mundo na Rússia a nível de seleções e vencedor da Liga Europa no ano seguinte pelo Chelsea, Giroud, de 33 anos, parece ter perdido algum faro para o golo (esta época, marcou apenas um). No entanto, a sua saída pode estar dependente da contratação (ou não) de Mertens. Isto é, o clube não se opõe à sua saída, mas terá de vir alguém para ocupar a sua posição.

Outro clube que pode vir a ser a próxima casa de Giroud é o Inter de Milão, de acordo com a talkSPORTS. E quem também tentou recrutar os seus serviços nas últimas 48 horas foi o Newcastle, mas o avançado rejeitou a mudança para St. James Park. Escreve a Sky Sports que o francês, das duas uma: ou fica em Londres ou sai para fora.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.