Aos 49 minutos, num Maracanã vazio, culpa da pandemia da covid-19, e com o resultado empatado a um golo, o árbitro, alertada pelo VAR, expulsou Rodinei, jogador do Internacional, por pisar inadvertidamente Filipe Luís, numa jogada a meio campo.

Em superioridade numérica quase toda a segunda parte, o Flamengo não desperdiçou a oportunidade e garantiu o triunfo, graças a um golo do ex-avançado benfiquista Gabriel Barbosa, que marcou aos 63 minutos, assistido por De Arrascaeta.

Na primeira parte, o Internacional adiantou-se aos 12 minutos, através de uma grande penalidade convertida por Ednilson, com um tiro ao ângulo superior esquerdo, a castigar um puxão de Gustavo Henrique a Yuri Alberto.

O ‘mengão’ restabeleceu a igualdade aos 29 minutos, por De Arrascaeta, que deu a melhor sequência a um passe atrasado de Bruno Henrique.

Aos 43 minutos, o Internacional teve uma grande oportunidade para voltar ao comando do marcador, mas Rodinei, que depois viria a ser expulso, acertou no ‘ferro’.

Na classificação, o Flamengo, campeão na época passada sob o comando do treinador português Jorge Jesus, passou a somar 71 pontos, contra 68 do Internacional.

O campeonato brasileiro resolve-se na quinta-feira, dia em que o Flamengo joga no reduto do São Paulo e o Internacional é anfitrião do Corinthians.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.