Após o jogo, que terminou com 1-1, o departamento médico explicou através do Twitter os motivos da saída e acrescentou que "serão feitos exames proximamente".

O internacional português magoou-se ao tentar travar um contra-ataque da equipa adversária, que acabaria por impor aos 'colchoneros' o terceiro empate consecutivo. Após o 'choque' com Dani Parejo, o extremo luso ficou no chão, com evidentes gestos de dor no tornozelo direito.

Acabou por sair de campo ajudado pelo médico do clube, Óscar Celada, e um fisioterapeuta, sem apoiar bem o pé no chão. Assistido na lateral do relvado por alguns minutos, para se perceber se podia regressar ao jogo, acabou por se retirar para o vestiário, deixando a equipa com 10, já que Diego Simeone tinha feito todas as substituições.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.