O projeto de lei, apoiado pelo governo francês, prevê a alteração do código desportivo do país, para que “nenhum jogo ou evento” da Ligue 1, Ligue 2, Taça de França e Taça da Liga francesa seja disputado em 5 de maio, data do desastre que ocorreu há quase três décadas, na Córsega.

Nessa data, antes do início do jogo entre o Bastia e o Marselha, das meias-finais da Taça de França, uma das bancadas superiores do Estádio Armand Cesari colapsou, resultando em 19 mortos e mais de 2.300 feridos.

Ao contrário das provas profissionais, os jogos de futebol amador podem realizar-se, mas os jogadores terão que utilizar uma braçadeira preta e haverá um minuto de silêncio antes do início das partidas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.