“É muito bom constatar que a nossa equipa compreende plenamente a situação e prescinde de parte do salário até final da época”, afirmou Herbert Hainer, em declarações ao jornal Bild, sem precisar qual o valor de que os jogadores abdicam.

Em abril, o plantel já tinha renunciado a 20% dos salários até final da temporada, devido à crise provocada pela pandemia de covid-19, que obrigou ao adiamento ou suspensão de quase todas as competições desportivas.

A Liga alemã, liderada pelo Bayern de Munique, foi retomada em 16 de março, e está a ser disputada à porta fechada.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.