Depois da goleada imposta a Andorra, por 6-0, em Aveiro, com um 'poker' de Cristiano Ronaldo, Portugal tem uma deslocação difícil a casa de uma seleção que foi, em tempos, uma das mais frágeis do futebol europeu, mas que parece querer fugir a esse estatuto.

A derrota no arranque da qualificação na Suíça, por 2-0, deixou a formação de Fernando Santos praticamente sem margem de erro, ainda mais quando apenas o primeiro classificado do grupo tem acesso direto ao próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer na Rússia.

O selecionador nacional já sabe que não vai poder contar com Nani, que nem acompanhou a comitiva até Torshavn, e tem em Raphael Guerreiro a sua principal dúvida.

O lateral esquerdo do Borussia Dortmund lesionou-se durante a segunda parte do encontro com Andorra e poderá não estar em condições físicas para defrontar as Ilhas Faroé, estando Antunes na calha para entrar no ‘onze’ titular.

É esperado que Fernando Santos efetue mais algumas alterações na equipa titular, sobretudo a meio campo, com William Carvalho e Renato Sanches a poderem ser lançados.

Outro dos ‘inimigos’ que Portugal vai encontrar em Torshavn será o relvado sintético do Estádio Torsvollur e que nesta fase de apuramento já ajudou as Ilhas Faroé a empatar em casa com a Hungria (0-0), logo na primeira jornada.

A ‘desconhecida’ formação comandada pelo dinamarquês Lars Olsen vai defrontar a seleção nacional motivada pela vitória alcançada na Letónia, por 2-0, que a deixou com alguma surpresa no segundo lugar do grupo, com mais um ponto que os atuais campeões europeus.

Com um longo histórico de goleadas sofridas desde que começou a competir, em 1988, as Ilhas Faroé efetuaram a sua melhor campanha no apuramento para o Euro2016, tendo conseguido fugir ao último lugar do grupo com duas vitórias, ambas sobre a Grécia (2-1 em casa e 1-0 fora).

O encontro está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do lituano Gediminas Mazeika.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.