Harden, que se apresentou com média de 52,2 pontos nos últimos cinco jogos, incluindo um recorde de 61 na quarta-feira, no Madison Square Garden, mantém-se, assim, na perseguição dos registos do ‘mítico’ Wilt Chamberlain.

Chamberlain, que brilhou na NBA nos anos 60 e 70 do século passado e conseguiu, uma vez, marcar 100 pontos num jogo, logrou séries de 30 ou mais pontos de 25, 31 e 65 embates.

Face aos Raptors, Harden esteve perfeito da linha de lance livre, com 15 em 15, mas só acertou nove de 25 lançamentos de campo, incluindo dois em 13 nos ‘triplos’.

Ainda assim, foi o melhor marcador do jogo, o que acontece pela 22.ª vez consecutiva: ultrapassou o registo de Michael Jordan, o melhor jogador da história, e ficou apenas atrás de outro recorde de Chamberlain, que somou 40.

Face aos Raptors, o ‘13’ dos Rockets teve a preciosa ajuda de Eric Gordon (24 pontos), Kenneth Faried (21 pontos e 14 ressaltos), P.J. Tucker (18 pontos) e Austin Rivers (13).

Os texanos parecia ter o jogo controlado a 1.14 minutos do fim, após Harden marcar dois lances livres e colocar a diferença em 11 pontos, mas os Raptors marcaram três ‘triplos’ seguidos e, depois de Gordon falhar, Kawhi Leonard (32 pontos) teve um ‘triplo’ para virar o resultado, mas também desperdiçou.

Nos outros jogos da ronda, destaque para a vitória caseira dos Milwaukee Bucks sobre os Charlotte Hornets (108-99), que valeu a consolidação da liderança da Conferência Este, com 35 triunfos e 12 desaires, contra 36-15 dos Raptors.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.