A seleção nipónica é a quarta a assegurar presença no Mundial da Rússia, além da equipa anfitriã, do Brasil e do Irão, comandado pelo português Carlos Queiroz. Esta será a sexta presença do Japão, que não falhou nenhuma edição de campeonatos do mundo desde a sua estreia, em 1998.

A seleção orientada pelo bósnio Vahid Halilhodzic ganhou com golos de Takuma Asano (41 minutos) e de Yosuke Ideguchi (83) e garantiu o primeiro lugar do grupo B a uma jornada do final, somando 20 pontos contra 16 da Arábia Saudita e da Austrália.

Na última ronda, a 05 de setembro, os australianos recebem a Tailândia, última classificada do grupo, e os sauditas, que têm vantagem na diferença de golos, recebem o Japão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.