A medida foi tomada pelo Governo japonês, segundo a agência de notícias AFP, a um mês da abertura dos Jogos Olímpicos (Tóquio2020), que vão decorrer de 23 de julho a 08 de agosto no país.

Segundo a agência de notícia EFE, dez das 47 autarquias japonesas mais populosas do país estão abrangidas pelo estado de emergência declarado inicialmente em 25 de abril, incluindo a capital Tóquio (leste) e Osaka (oeste).

A partir de segunda-feira, o estado de emergência continuará em vigor apenas em Okinawa (sudoeste).

No entanto, sete províncias continuarão a ser afetadas por certas restrições pelo menos até 11 de julho, afetando principalmente a atividade comercial, como bares e restaurantes, de acordo com o anúncio realizado hoje pelo primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.824.885 mortos no mundo, resultantes de mais de 176,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.