Em conferência de imprensa de lançamento do encontro, no Seixal, Jesus lembrou que “estão em confronto dois interesses” e que quer “é ganhar”, independentemente do que isso possa afetar o futuro profissional do seu rival, mas desejou que tudo lhe corra pelo melhor, exceto frente aos ‘encarnados’.

“Sempre disse e volto a dizer, quero que o Benfica passe e que o Rui Vitória continue no Spartak [de Moscovo], que seja muito feliz e ganhe os títulos que tenha de ganhar na Rússia, porque isso é bom para a divulgação do treinador português”, atirou Jorge Jesus.

O técnico, de resto, advertiu que o adversário de terça-feira “tem uma segunda hipótese” de inverter a derrota sofrida em casa, por 2-0, e pode “acreditar num resultado favorável” na Luz, mas frisou que o Benfica vai “tentar que isso não aconteça” e tem “todas as condições para passar a eliminatória”.

“A vantagem do primeiro jogo não nos garante nada em termos de passagem de eliminatória. Para passar, tens de ganhar ou não perder por mais de dois golos. Vamos tentar fazer com que a nossa equipa jogue como fez em Moscovo, onde fez um jogo espetacular a todos os níveis e espero que tenha o mesmo comportamento, sabendo que o adversário não tem nada a perder”, comentou Jesus.

O Benfica recebe o Spartak de Moscovo na terça-feira, às 20:00, no Estádio da Luz, em partida da segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Os ‘encarnados’ sobem ao relvado em vantagem, após a vitória por 2-0 conseguida na quarta-feira, em Moscovo, no encontro da primeira mão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.