A equipa de Diego Simeone quase que deixou escapar a vitória nos minutos finais na deslocação a casa do Elche (a lutar pela manutenção), mas conseguiu três importantes pontos para manter a liderança da La Liga.

João Félix só entraria em campo aos 56 minutos para o lugar de Thomas Lemar, mas o pouco tempo em campo foi o suficiente para que o português esteja na mira dos adeptos do Atlético de Madrid — que estão a questionar o seu empenho.

Estes alegam que esteve apagado nos minutos em que jogou e, no culminar de uma exibição cinzenta, não se posicionou para recuperar a bola o mais rapidamente possível, como fizeram todos os seus colegas de equipa.

Esta época, João Félix participou em 36 jogos diluídos por três competições (Liga espanhola, Liga dos Campeões e Taça do rei) e marcou 10 golos (uma média de 0,28 golos / jogo). Nos últimos dois jogos saiu do banco e o último tento marcado aconteceu em fevereiro, diante o Villarreal.

Na visão dos adeptos, estes números representam um rendimento aquém do esperado para um jogador que custou 126 milhões de euros — especialmente numa altura em que a equipa precisava que tivesse outro protagonismo para ajudar a conquistar o título à semelhança do que aconteceu na época 2013/2014.

A quatro jornadas da derradeira jornada que finda o campeonato espanhol, o Atlético lidera a competição, com 76 pontos, ao passo que o Barcelona, terceiro classificado, soma 74, os mesmos que o Real Madrid (segundo).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.