“Não tinha visto nada e sei o que vocês sabem. Vi imagens e, como diz o filósofo chinês, uma imagem vale por mil palavras. O comportamento do presidente do Sporting [Bruno de Carvalho] foi sereno, foi verbalmente e fisicamente agredido e teve um comportamento com grande estabilidade e à altura da responsabilidade do momento. Isto não tem história nenhuma”, disse o técnico em conferência de imprensa.

Jorge Jesus, que considerou que o caso até relegou o jogo da seleção portuguesa (4-1 à Letónia) para segundo plano, garantiu que a situação, que ocorreu no final do jogo entre o Sporting e o Arouca, no dia 06 de novembro, da 10.ª jornada da I Liga, entre os presidentes dos dois clubes, não afeta a equipa.

“Foi um caso que tem que ser decidido. As imagens são esclarecedoras, não tem volta a dar. Para nós, foi um caso que aconteceu no túnel, como acontece em tantos, mas este teve imagens e não deixou dúvidas a ninguém”, salientou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.