“O Villarreal é uma equipa que já demonstrou que sabe jogar, é um adversário muito difícil. Amanhã [quinta-feira] vai ser o jogo mais difícil dos últimos que temos tido”, disse o antigo futebolista, em conferência de imprensa.

Zidane quer que a sua equipa se alheie do ‘barulho’ em redor da possível conquista do título, num momento em que o Real Madrid lidera o campeonato, com 83 pontos, mais quatro do que o FC Barcelona, a duas jornadas do final.

“Temos um jogo e há muito ruído à volta da equipa, de celebração e de férias. Temos que concentrar a nossa energia no jogo e em nada mais. Fala-se muito da parte de fora, mas, aqui, todos pensamos apenas no Villarreal”, defendeu.

O treinador dos ‘merengues’, que venceram todos os nove jogos desde que a Liga espanhola retomou, após a suspensão em março, devido à pandemia de covid-19, ‘roubando’ a liderança ao Barcelona, admitiu que o avançado belga Eden Hazard possa ter alguns minutos, após lesão.

“Pensamos nos nossos adeptos, há muita gente que esteve mal e outros continuam. O futebol é uma maneira de esquecer o dia a dia, mas o que queremos é conseguir as coisas a pensar neles, que não podem vir ao estádio. Estão atentos ao que estamos a fazer, orgulhosos, temos que continuar até ao final”, disse.

O jogo entre Real Madrid e Villarreal tem início marcado para as 21:00 de quinta-feira (20:00 de Lisboa), à mesma hora da receção do FC Barcelona ao Osasuna.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.