Os dois técnicos, que pela primeira vez estão a iniciar a temporada à frente de ‘águias’ e ‘leões’, depois de terem rendido Rui Vitória e José Peseiro, respetivamente, no decorrer da época transata, defrontaram-se em três ocasiões, que se saldaram em duas vitórias de Laje e outra de Keizer.

Poucas semanas depois de ter rendido Vitória no banco do Benfica, Bruno Lage disputou o seu primeiro dérbi, em Alvalade, liderando os ‘encarnados’ a um triunfo convincente, por 4-2, na 20.ª jornada da I Liga portuguesa.

Seferovic, João Félix, Rúben Dias e Pizzi marcaram os golos benfiquistas, enquanto Bruno Fernandes e Bas Dost anotaram os tentos ‘verde e brancos’, numa partida que permitiu ao conjunto da Luz ficar a três pontos do então líder do campeonato, FC Porto.

Três dias volvidos, os eternos rivais lisboetas voltaram a cruzar-se, agora na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, na Luz, que terminou com novo triunfo ‘encarnados’, por 2-1.

O Benfica parecia ganhar importante vantagem no duelo, graças ao brasileiro Gabriel e a um golo de Tiago Ilori na própria baliza, só que o ‘inevitável’ Bruno Fernandes relançou a eliminatória, com um livre superiormente executado.

De resto, o médio internacional português foi crucial no desfecho da meia-final – como em tantos outros jogos para os ‘leões’ -, já que, na segunda mão, em abril, marcou o único golo da partida (1-0), no reduto ‘leonino’, que permitiu a Marcel Keizer vencer Bruno Lage e apurar-se para a final da prova ‘rainha’.

Benfica, campeão nacional, e Sporting, vencedor da Taça de Portugal, disputam a Supertaça Cândido de Oliveira, este domingo, a partir das 20:45, no Estádio Algarve.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.