A Lazio manteve-se no segundo lugar do campeonato, mas ficou a sete pontos de distância da liderança, ocupada pela Juventus, que tinha vencido durante a tarde o dérbi frente ao Torino, por 4-1, com um golo do avançado internacional português Cristiano Ronaldo.

O avançado sueco Zlatan Ibrahimovic foi o principal artífice do triunfo da equipa visitante, ao assistir para o turco Hakan Calhanoglu inaugurar o marcador, aos 23 minutos, aumentando ele próprio a vantagem, aos 34, de grande penalidade, antes de o croata Ante Rebic fixar o resultado final, aos 59.

O AC Milan, que manteve o avançado português Rafael Leão sentado no banco de suplentes durante a totalidade do encontro, subiu ao sexto lugar da prova, ultrapassando provisoriamente o Nápoles (sétimo), que no domingo recebe a Roma, quinta colocada, treinada pelo português Paulo Fonseca.

Horas antes, Cristiano Ronaldo tinha voltado aos golos de livre direto, o primeiro convertido com sucesso ao serviço da Juventus, no 80.º jogo pelo clube, e ainda contribuiu com uma assistência na goleada por 4-1 frente ao Torino.

No dérbi de Turim, o avançado português marcou o 25.ª golo na prova, aos 61 minutos, e, antes, assistiu o colombiano Juan Cuadrado, aos 29, tornando mais expressivo um resultado que começou a ser construído aos três pelos pés do argentino Paulo Dybala.

O Torino apenas conseguiu reduzir por Andrea Belotti (45+6 minutos), nos ‘descontos’ da primeira parte, e ainda foi infeliz nos minutos finais, face ao golo na própria baliza do suplente utilizado Djidji (87), já depois de Ronaldo ter faturado.

Após o encontro, o jogador português admitiu que “precisava de marcar de livre para recuperar a confiança”, um feito conseguido ao fim de 43 tentativas.

Com o tento apontado hoje, Cristiano Ronaldo igualou uma marca com quase 60 anos, tornando-se o primeiro jogador da ‘Juve’ a fazer 25 golos ou mais numa edição da Série A desde a temporada 60/61. Na altura, o argentino Omar Sívori foi quem conseguiu atingir esse registo.

Também no dérbi de Turim, o veterano guarda-redes Gianluigi Buffon, de 42 anos, tornou-se o futebolista com mais presenças Série A, contabilizando hoje o 648.º jogo no escalão principal, batendo o já retirado compatriota Paolo Maldini.

A precisar de pontos para se manter no principal escalão, o Lecce, 18.º classificado, 25 pontos, voltou a somar novo desaire (4-2), desta vez, no reduto do Sassuolo, que ascende ao nono posto, com 40.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.