Fernando Santos, selecionador de Portugal, que insiste assim no mesmo alinhamento, não poderá contar hoje no banco com Rony Lopes e Raphäel Guerreiro, ambos dispensados por lesão.

Curiosamente, o lateral esquerdo do Borussia Dortmund alinhou pela equipa das ‘quinas' diante do Uruguai (1-2), nos oitavos de final do Campeonato do Mundo, a 30 de junho, no último encontro oficial de Portugal e que ditou o adeus à Rússia.

Em relação a esse jogo, Fernando Santos deixa de fora mais seis jogadores - Ricardo Pereira, José Fonte, João Mário, Adrien Silva, Gonçalo Guedes e Cristiano Ronaldo - e mantém a aposta em Rui Patrício, Pepe, William Carvalho e Bernardo Silva.

De salientar que Gonçalo Guedes figura na lista de suplentes diante da Itália.

Inicialmente, Portugal vai, assim, entrar com Rui Patrício na baliza, uma defesa com João Cancelo, Pepe, Rúben Dias e Mário Rui, um meio-campo com Rúben Neves, Pizzi e William Carvalho e os extremos Bruma e Bernardo Silva no apoio a André Silva.

Portugal e Itália defrontam-se hoje, às 19:45 horas, em jogo da primeira jornada do Grupo 3 da Liga das Nações que será arbitrado pelo escocês William Collum.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.