A equipa de Jurgen Klopp começou o jogo praticamente na frente do marcador, já que, logo aos quatro minutos, Mohamed Salah marcou, a desviar um cruzamento do lateral-esquerdo dos ‘reds’ Andrew Robertson para o fundo das redes, depois deste ter aproveitado uma escorregadela do lateral-direito do Sheffield George Baldoch, no momento em que a bola lhe foi metida para a desmarcação.

O Liverpool teve sempre o jogo controlado perante a equipa-sensação da ‘Premier League’ da época em curso e acabou por cortar qualquer veleidade ao adversário com o golo de Sadio Mané, a culminar uma tabela magnífica com Salah, que o deixou na cara do guarda-redes Dean Hendersen, a quem bateu à segunda tentativa.

Com mais este triunfo, o 19.º em 20 jogos que realizou no campeonato, no qual regista apenas um empate, o Liverpool parece imparável no caminho para um título que não conquista desde 1990, ou seja, há quase 30 anos, liderando com 58 pontos (e menos um jogo), seguido do Leicester, com 45, e do Manchester City, atual detentor, com 44.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.