Sem o internacional português Bernardo Silva de início (entrou aos 66 minutos para o lugar de Leroy Sané), os ‘citizens’, que no domingo também golearam o Rotherham (7-0), na Taça de Inglaterra, foram impiedosos na primeira mão das meias-finais, perante uma frágil formação da ‘League One’.

O belga Kevin De Bruyne, aos cinco minutos, o brasileiro Gabriel Jesus, aos 30 e 34, e o ucraniano Zinchenko, aos 37, com um grande golo, de fora da área, colocaram os detentores do troféu a vencer por 4-0 ao intervalo.

No segundo tempo, o conjunto orientado por Pep Guardiola não desacelerou e anotou mais cinco tentos. Gabriel Jesus, que completou o 'póquer', aos 57 e 64 minutos, Phil Foden, aos 62, Kyle Walker, aos 70, e Mahrez, aos 84, assistido por Bernardo Silva, fecharam o marcador.

Esta foi a maior goleada do Manchester City nos últimos 31 anos, após ter vencido por 10-1 o Huddersfield, em 1987, num encontro do segundo escalão inglês.

Na terça-feira, na outra meia-final, o Tottenham recebeu e venceu o Chelsea, por 1-0, com um golo de Harry Kane, aos 26 minutos, de grande penalidade, e segurou a vantagem sob pressão durante uma hora.

Na segunda mão, o Manchester City visita Burton-upon-Trent, no dia 23, enquanto o Chelsea recebe o Tottenham, em Stamford Bridge, no dia seguinte.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.