“Todo o nosso clube está enojado com as ofensas racistas proferidas contra Paul Pogba no estádio e nas redes sociais. Condenamos categoricamente esse tipo de atitudes”, afirmaram os ‘red devils’ em comunicado.

Em jogo da segunda jornada da Premier League, no terreno do Wolves, aos 68 minutos, Pogba falhou uma grande penalidade, permitindo a defesa do guarda-redes português Rui Patrício, numa altura em que resultado já estava 1-1.

O médio francês apareceu com alguma surpresa na marcação do penálti, já que normalmente é Marcus Rashford que tem essa função.

“O Manchester United tem tolerância zero para com qualquer forma de racismo ou discriminação e um compromisso de longo prazo em lutar contra isso. Iremos trabalhar para identificar os poucos envolvidos nestes incidentes e tomar as mais duras medidas ao nosso alcance. Também encorajamos as empresas de redes sociais a tomar medidas", referiu.

A relação do médio francês com os adeptos do Manchester United tem sido quase sempre tensa, e a imprensa desportiva tem avançado que Pogba poderá abandonar Old Trafford e assinar pelo Real Madrid.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.