Em Old Trafford, os ‘red devils’, que contaram com o português Diogo Dalot a titular no lado direito da defesa, marcaram por intermédio do espanhol Juan Mata, aos 22 minutos, de grande penalidade, e do belga Romelu Lukaku, aos 45+4, impondo o segundo desaire seguido ao técnico José Gomes.

No Reading, 23.º e penúltimo classificado do ‘Championship’, o segundo escalão do futebol inglês, o central luso Tiago Ilori foi titular, mas foi rendido ao intervalo devido a lesão.

“No estádio que é o Palco dos Sonhos, assumimos o nosso jogo, controlámos e até dominámos grande parte do jogo, mas falhámos demasiadas oportunidades. Os meus jogadores estão de parabéns pela coragem de jogarem como fazemos no treino. Falta-lhes apenas agressividade no momento de meter a bola na baliza. Mesmo assim, os dados estatísticos mostram que fomos superiores”, disse José Gomes, no final da partida.

Com este triunfo, o norueguês Ole Gunnar Solskjaer, que rendeu José Mourinho no comando do United, não só manteve o registo 100% vitorioso, com cinco vitórias em cinco jogos, como igualou o feito do histórico Matt Busby, que, em 1946/47, também venceu os primeiros cinco jogos à frente dos ‘red devils’.

O West Ham, com o português Xande Silva a titular, também se apurou para os 16avos de final da Taça de Inglaterra, ao vencer na receção ao Birmingham, do ‘Championship’, por 2-0, enquanto o Brighton foi a Bournemouth vencer por 3-1 e o Burnley bateu o Barnsley por 1-0.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.