É uma daquelas histórias da magia do futebol, entre o insólito e o fantástico que ajudam a pintar esta reta final de campeonato onde tantas vezes a vontade de vencer se sobrepõe aos valores do jogo. Esta é a história de cinco minutos onde coube tudo isso.

A sede de vencer subiu à cabeça de Mateusz Klich ao minuto 72 quando, perante um Aston Villa imobilizado à espera que o rival metesse a bola fora por um dos seus jogadores, Jonathan Kodjia, estar lesionado, no chão a pedir assistência, percorreu o flanco esquerdo do meio-campo adversário, moveu-se para dentro da área e fez o golo. De imediato instalou-se a confusão com Klich a ser agarrado e criticado pelos outros jogadores adversários.

O lance deu origem à expulsão de um jogador do Aston Villa, por protestos, e a uma discussão entre os bancos das duas equipas, com John Terry, treinador adjunto do Aston Villa, a acusar o adversário de falta de ‘fair play’.

Do banco, o homem que o futebol apelidou de 'El Loco' superiorizou-se à sede de ganhar e exigiu que a sua equipa deixasse o Villa marcar depois do pontapé de saída. Os jogadores do Leeds ficaram impávidos e serenos, à exceção de Pontus Jansson, que parecendo não ter ouvido as indicações do seu técnico ainda se fez à jogada. Perante o lance, Bielsa gritou e o golo acabou por acontecer aos 77 minutos.

O jogo terminou empatado a uma bola e fez com que a equipa do treinador argentino não carimbasse a subida à Premier League, algo que poderia conseguir na próxima jornada caso vencesse este encontro e que acabou por ir parar no colo do Sheffield United . O Leeds vai ter agora de disputar o playoff de acesso ao principal escalão do futebol inglês, uma eliminatória onde o Aston Villa também estará presente.

No final do encontro, em declarações à Sky Sports, Bielsa disse: "Nós só devolvemos o golo. Toda a gente viu o que é que aconteceu. Nós expressámos a nossa interpretação dos factos ao fazermos o que fizémos".

"O futebol inglês é conhecido por isto. Não tenho de comentar este tipo de coisas que são comuns em Inglaterra", acrescentou.

É caso para dizer que a loucura deu lugar à justiça.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.