O transalpino, que só conta um título no circuito mundial, conquistado já em 2018, em Budapeste, superou o campeão de 2016 em quatro ‘sets’, pelos parciais de 6-3, 7-6 (7-4), 1-6 e 7-6 (13-11), em três horas e 26 minutos.

Nas meias-finais, Cecchinato, que já tinha afastado o belga David Goffin e o espanhol Pablo Carreño-Busta, vai defrontar o austríaco Dominic Thiem, oitavo jogador mundial, que superou o alemão Alexander Zverev, terceiro, por 6-4, 6-2 e 6-1.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.