O piloto português realizou a melhor das 49 voltas que completou em 1.37,162, uma décima de segundo mais rápido do que o francês Fabio Quartararo (Kalex) e duas do que o alemão Macel Schrotter (Suter).

No regresso à KTM, com a qual brilho em Moto 3 em 2015, quando foi vice-campeão mundial, Miguel Oliveira foi o mais forte numa sessão que teve de ser interrompida devido aos fortes ventos.

Apesar de ter o melhor registo, Miguel Oliveira ficou ainda a cerca de um segundo da marca alcançada nesta pista em novembro.

Quanto aos pilotos de Moto3, também em duas jornadas de afinação, Niccolo Antonelli foi o mais rápido, batendo Fabio di Giannantonio e Jorge Martín.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.