Num comunicado, a decisão é justificada com "repetidas infrações e quebras do acordo de participação, que afetam a imagem pública do MotoGP". Os rumores que circulam no paddock do MotoGP são de que estas repetidas infrações e quebras de acordos advêm de falta de pagamentos da equipa, no valor dos milhares de euros.

No final do documento é dito que o "Comité de Seleção vai rever as candidaturas para uma nova equipa independente, que usará motores Aprilia, para se juntar à grelha de MotoGP em 2024".

A equipa RNF nasceu das 'cinzas' do que era a Petronas Yamaha Sepang Racing Team, com Razali a tomar contar da operação após a saída da gigante petrolífera Petronas no final de 2021. Inicialmente com material da Yamaha, em 2023 mudaram para material da Aprilia, com Razali a vender 60% da sua quota à empresa romena de informática CryptoData, que assim se juntou como patrocinador e dona da equipa.

Esta decisão de venda por parte de Razali chegou, mais uma vez, depois da saída de um grande patrocinador, neste caso a WithU, empresa italiana de energia, que ficou com problemas devido ao conflito na Ucrânia e as sanções que daí foram impostas, pois dependia do gás natural russo.

Nas hostes portuguesas, Miguel Oliveira mudou-se este ano para a equipa, após ter corrido na KTM nas suas primeiras quatro temporadas no MotoGP e, tal como o seu companheiro de equipa, Raul Fernandez, tem contrato diretamente com o fabricante italiano (Aprilia) para 2024.

Segundo fontes do SAPO24 no paddock, uma possibilidade de 'salvação' para a equipa, que já não conta com Razlan Razali, pode vir dos Estados Unidos da América, na forma da equipa da NASCAR Trackhouse Racing, e dos seus donos.

Justin Marks, co-proprietário da equipa juntamente com o músico Pitbull, esteve em Valência. A equipa vencedora de corridas na NASCAR está em conversações com a Dorna, organizadora da série, para assumir os lugares na grelha da RNF Racing para o próximo ano, revelaram as fontes do SAPO24.

A Trackhouse Racing é uma operação recente no mundo do desporto motorizado americano. Foi formada em 2021, assumindo as operações da Chip Ganassi Racing, que saiu da NASCAR, com a ajuda do rapper e compositor vencedor do Grammy Pitbull, que se juntou a Marks como co-proprietário da equipa. Desde aí que já venceram corridas na CUP Series, onde têm como melhor resultado no campeonato uma segunda posição, fruto de Ross Chastain em 2022 — piloto também conhecido pela manobra à videojogo, na pista de Martinsville.

*Artigo escrito pelo jornalista David Pacheco e editado pela jornalista Alexandra Antunes

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.