Na demanda de revalidar o título que conquistou em 1998 e 2018, a seleção gaulesa quer confirmar o favoritismo ante a Polónia, segunda no Grupo C, atrás da Argentina, após um apuramento ‘sofrido’.

Os polacos chegam à fase a eliminar pela primeira vez desde 1986, são liderados pela ‘estrela’ Lewandowski e procuram protagonizar a primeira ‘surpresa’ dos oitavos de final, numa partida agendada para as 15:00 de Lisboa no Estádio Al Thumama.

Sem Benzema, os gauleses têm em Mbappé, que já leva três golos, Giroud e Griezmann os principais ‘agitadores’ no ataque, numa equipa que mistura a solidez que vem de 2018 e ‘sangue novo’.

Com duas vitórias seguidas, uma derrota com a Tunísia com o apuramento garantido (1-0) ‘beliscou’ a imagem do campeão, que quererá ‘estampar’ autoridade no primeiro encontro a eliminar.

Outra seleção à procura de fugir a eventuais surpresas é a Inglaterra, quarta classificada na Rússia2018, e que chegou a esta fase invicta no torneio, somando duas vitórias (Irão e País de Gales) e um empate (Estados Unidos).

Os ingleses têm um 6-2 a abrir, ante os iranianos treinados por Carlos Queiroz, como grande ‘aviso’ à ‘concorrência’, com Marcus Rashford a somar já três golos.

Pela frente, Kane, Foden e ‘companhia’ terão um Senegal que passou aos ‘oitavos’ apenas pela segunda vez, depois da estreia em 2002, recuperando de uma derrota com os Países Baixos com triunfos ante o ‘anfitrião’ Qatar e o Equador.

Sem Sadio Mané, a ‘estrela’ maior do continente africano, lesionado antes do torneio, o defesa Koulibaly e os avançados Bamba Dieng e Ismaila Sarr têm tido outro destaque, enfrentando o maior teste até aqui pelas 19:00 de Lisboa, no Estádio Al Bayt.

No primeiro dia, os favoritos confirmaram esse estatuto, com a Argentina a ‘tremer’ com a Austrália, mas a vencer por 2-1 graças a novo ‘recital’ de Lionel Messi, e os Países Baixos a ‘abaterem’ os Estados Unidos (3-1).

Nesta fase está também Portugal, que defronta a Suíça, na terça-feira, pelas 19:00 (em Lisboa), em Lusail, por um lugar nos ‘quartos’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.