Questionado sobre a situação, durante a conferência de imprensa, Nadal afirmou que não percebeu o que a mulher lhe estava a dizer. “Não sei. A mulher era a para mim, creio. Não era para o árbitro. Mostrou-me o dedo”, explicou.

“Talvez tenha tomado muito gin ou tequilha", brincou.

Rafael Nadal apenas precisou de uma hora e 47 minutos para eliminar Mmoh em três ‘sets’, pelos parciais de 6-1, 6-4 e 6-2, tendo assim conquistado mais uma vitória no Open da Austrália, primeiro Grand Slam da época.

Na terceira ronda, o tenista espanhol vai defrontar o vencedor do desafio entre o britânico Cameron Norrie (69.º) e russo Roman Safiullin (183.º), ainda a decorrer após uma suspensão, devido à chuva.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.