Depois de falhar os últimos dois jogos da fase de grupos, devido a uma “lesão no ligamento lateral” do tornozelo direito no primeiro jogo, contra a Sérvia (2-0), o ‘astro’ do grupo liderado pelo selecionador Tite voltou a rematar à baliza e fazer exercícios com bola.

O extremo tinha estado afastado dos trabalhos, mas hoje trabalhou com os jogadores não utilizados na sexta-feira, na derrota com Camarões (1-0), dando esperança aos cinco vezes campeões do Mundo.

Isto no mesmo dia em que a ‘canarinha’ anunciou que o defesa ex-FC Porto Alex Telles e o avançado Gabriel Jesus vão falhar o resto da competição, devido a lesões nos joelhos.

Apesar do regresso, o corpo clínico do Brasil não quis confirmar a presença de Neymar no jogo com a Coreia do Sul, treinada pelo português Paulo Bento, a contar para os oitavos de final.

A figura maior da seleção, com 30 anos e 122 internacionalizações ‘AA’, procura o primeiro grande título à frente da seleção brasileira, depois do título olímpico no Rio2016 e uma Taça das Confederações.

Para o embate com os africanos, o selecionador brasileiro, Tite, já não tinha podido contar com Danilo, Alex Sandro e Neymar, todos igualmente lesionados.

Apesar do desaire com os Camarões, o Brasil, que entrou na terceira ronda da fase de grupos já apurado, assegurou o primeiro lugar do Grupo G e vai defrontar nos oitavos de final a Coreia do Sul, que na sexta-feira bateu Portugal por 2-1.

O embate entre os ‘canarinhos’ e os asiáticos está marcado para segunda-feira, pelas 19:00 (em Lisboa), em Doha.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.