A punição aplicada pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) tem por base um incidente ocorrido durante a decisão da última edição da prova ‘rainha’, que os ‘dragões’ perderam para o Sporting, no desempate por grandes penalidades, no Estádio Nacional.

Esta suspensão é passível de recurso, sendo que o FC Porto tem agora 10 dias para recorrer da decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), ação que tem efeitos suspensivos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.